Bold Bake, queimado não!

Concurso Café Qualidade Paraná 2017
outubro 22, 2017

Um pão de fermentação natural, feito com farinhas apropriadas, tem uma estrutura completamente diferente de um pão convencional, feito com farinhas genéricas e com fermentos biológicos ou químicos. A massa de um sourdough retém uma quantidade enorme de água, que é toda liberada quando é assado. Assim se formam os conhecidos alvéolos, do miolo dos pães artesanais de fermentação natural.

Portanto, para o miolo ficar na textura e sabor perfeitos, a casca necessita suportar as altas temperaturas do forno, pelo tempo que for necessário. Mas no fim tudo dá certo. A casca caramelizada, meio avermelhada em tons que vão do avelã até o dourado, combinada com as pestanas altas e levemente queimadas, conferem uma imagem devastadoramente apetitosa.

Acima um pão com muito boa aparência, mas quem sabe seu interior não esteja realmente no ponto ideal. Abaixo um pão com aparência, perfeita para os padeiros da escola de fermentação natural, mas quem sabe um pouco queimadinha para o consumidor desavisado, influenciado pela cultura do pão industrializado em grande escala, das padarias convencionais.

Não tenham medo, na primeira mordida o receio do queimado irá desaparecer. A crocância da casca, misturada com a textura macia e leve do miolo, os sabores tostados junto com o gosto doce do pão irão fazer qualquer um esquecer o "queimado".

Os pães de fermentação natural seguem uma lógica própria. A aparência da casca é sempre apetitosa, caramelizada, brilhante, mas algumas partes parecem queimadas. Saiba o porque!

Os comentários estão encerrados.